Cachaça Tiara

A Historia da Cachaça Tiara é antiiga. O Avô de um dos atuais donos do Alambique começou a produção de cachaça já há mais de 70 anos. O nome da cachaça era Iara. Nesta nova reformulação e adequação dos processos aos padrões legais de produção, a cachaça recebeu o nome de Tiara.

Juliano e Gabriela, Largaram tudo que faziam, se desfizeram de alguns de seus bens móveis e imóveis para reformular o Alambique e Criar uma nova formulação dessa cachaça, que é, sem dúvida nenhuma, uma das melhores Cachaças de Minas Gerais.

A História é longa. No meio desse processo Gabriela e Juliano deram vasão ao lado fraternal de seus carateres e decidiram fomentar a sustentabilidade Humana do Lugar onde vivem e dos funcionários que produzem sua cachaça, no Município de Barra longa - MG. A Cachaça Tiara desenvolve um projeto social em Barra longa que promove o empreendedorismo e a emancipação Humana dos cidadãos de Barra Longa. A Tiara é muito Além da Cachaça.

Quando do Rompimento da Barragem da Samarco a Lama da Barragem em Bento Rodrigues atingiu as terras da fazenda Jurumirim onde fica o Alambique da Cachaça Tiara, impedindo os produtores de chegar ao alambique, entre outros danos ao complexo de produção da Cachaça. Mas isso não foi o suficente para desanimá-los. 

A Cachaça Tiara Rainha é Armazenada em tonéis de Carvalho e Jequitibá por 3 anos. Sensação de estar passeando entre os tonéis de carvalho ao entardecer. Notas suaves, que lembram uísque jovem e pudim de baunilha. Sabor: cachaça muito macia, aveludada, com pouca influência vegetal. Revela finesse e é fácil de beber.

Nós experimentamos e garantimos que você terá uma experiência fantástica ao consumir essa cachaça

 

Fale Conosco
×