Cachaça Flor das Gerais Prata - Jequitibá 700 ml
  • Cachaça Flor das Gerais Prata - Jequitibá 700 ml
  • Cachaça Flor das Gerais Prata - Jequitibá 700 ml

Cachaça Flor das Gerais Prata - Jequitibá 700 ml

Sku: 603D655EC0914

NCM: 2208.40.00

Categoria: Cachaça Flor das GeraisCachaças por TipoCachaças OrgânicasCachaças PrataCachaça por Marca

Marca: Cachaça Flor das Gerais

Quantidade Disponivel: 5 un

Frete Grátis

Por R$ 82,50

à vista R$ 78,38 economize 5% no Pix

ou em 2x de R$ 41,25

Ver parcelas
1xdeR$ 82,50 Sem Juros Total: R$ 82,50
2xdeR$ 41,25 Sem juros com parcelas acima de R$: 40,00 Total: R$ 82,50
Frete e Prazo

Simule o frete e o prazo de entrega estimados para sua região:

Descrição do Produto

Cachaça Artesanal ou de Alambique, Orgânica, produzida em Felixlândia MG desde o início do século XX. Medalhista de ouro na expo-cachaça 2020. Armazenada em tonéis de Jequitibá.

Grau Alcóolico: 42%

Informações do Produto

A Fazenda Mourões, onde se produz a Cachaça Flor das Gerais localiza-se no município de Felixlândia, na região Central de Minas Gerais, a 170 km da capital. Estamos na entrada dos Sertões, onde a mata atlântica dá lugar ao cerrado, os brejos dão lugar às Veredas e as serras dão lugar às Gerais. Estamos no caminho percorrido por Guimarães Rosa, enquanto acompanhava e construía a narrativa de algumas viagens boiadeiras que depois se transformaram em famosas obras literárias, dentre as quais destaca-se o Grande Sertão: Veredas.

Neste tempo, de tocada de boiada, a família Teixeira já se dedicava à produção da cachaça, sendo o primeiro engenho, do qual temos evidências, fundado no início do século XX pelo patriarca da família que conduziu a produção até a década de 1940, quando o ofício passou à responsabilidade de um de seus três filhos. Em 1989, um dos netos deste patriarca reiniciou a produção e assim surgiu a Cachaça Flor das Gerais, que seria registrada com esse nome nove anos mais tarde pelo Sr. Adão Teixeira, o neto do tal patriarca, produtor rural de raiz e apaixonado pelo seu pequeno quinhão de terras “os Mourões” como ele gosta de falar.

Em 2007 o Seu Adão ganhou seu principal reforço, a Dona Lúcia! Após quase 40 anos dando aulas de português, abandonou a cidade e veio florir as Gerais. Dona Lúcia sempre participou da história dos Mourões, era ela quem fazia os rótulos de palha de bananeira e folhas de cortiça para decorar as primeiras cachaças. Não por menos, a ilustração do atual rótulo é uma pintura a óleo de 1976, feita por ela. Sim, professora e artista. Outros encantos saídos das mãos dessa professora também podem ser vistos nas paredes da casa sede, no teto da pequena capela de Nossa Senhora de Fátima e nos jardins que rodeiam as construções da Fazenda Mourões.

Passados mais de 30 anos o aperfeiçoamento da Flor das Gerais não pára e, atualmente, é possível acompanhar de perto essa produção lá na fazenda, onde a Dona Lúcia e o Seu Adão recebem os hóspedes com o mesmo carinho que devotam à cachaça. Essa pequena história contada aqui ganha sabor e cheiro quando degustada ao lado do fogão a lenha recheado de quitandas da Dona Lúcia e de boas cachaças e prosas do Seu Adão.

PRATA

FELIXLÂNDIA - MG

42%

JEQUITIBÁ

700 ml

ORGÂNICA

DESDE O INÍCIO DO SÉCULO XX

Avaliação dos Clientes
  • Nenhum comentário foi postado para esse produto, seja o primeiro!